Quem coordena?

Carlos Mendes Pereira, Porto 1972.

O facto de ter nascido num dos bairros históricos mais emblemáticos do Porto não será estranho à grande paixão que nutre por essa cidade.
Desde tenra idade dedicado à música e à fotografia, acabou por optar por esta última como carreira profissional, concluindo bacharelato em fotografia e mais tarde licenciatura em arte e comunicação, ambos na escola superior artística do Porto. Num percurso natural na pesquisa e interesse pela imagem, acabou integrando também a formação em audiovisuais, cursando fotografia cinematográfica avançada na escola internacional de cinema e televisão de San António de los Baños, em Cuba. Desenvolve profissionalmente trabalho em fotografia, com especialização em fotografia de arquitetura, especialidade que leciona no instituto português de fotografia, e em documentário para televisão, como diretor de fotografia. A música mantêm-se constante na sua vida como amador.
Apesar de incansável viajante, tem sempre a cidade invicta como o seu porto de regresso, Porto de abrigo, e é nas suas ruas estreias e antigas ou nas margens do douro que mais se sente em casa.

António Mendes Pereira.

Nasceu no Porto em 1969, tendo vivido na Póvoa de Varzim até terminar o ensino secundário. Concluiu a licenciatura em Relações Internacionais (ramo de Relações Económicas e Políticas) pela Universidade do Minho (Braga) em 1995. Durante a licenciatura frequentou e concluiu o Curso Livre de Espanhol (1990-1992), tendo obtido uma bolsa de estudo para o Curso da Escuela de Verano Española (Madrid) em 1991, e posteriormente o Diploma Básico de Español como Lengua Extranjera, pelo Ministerio de Educación y Ciencia de Espanha (1992). Ainda durante os seus estudos universitários, frequentou o Curso Livre de Língua Russa. Para além do castelhano, fala fluentemente inglês e francês.

Radicado na Póvoa de Varzim, após ter trabalhado nas áreas comercial/marketing de algumas empresas em Viseu, Porto, Braga e Vila do Conde, já leccionou inglês (iniciação infantil) e ocasionalmente realiza trabalhos de tradução, tendo como actividade principal, desde 2000, a importação e comercialização de peças para restauro de automóveis antigos.

A divulgação de Portugal e da cultura portuguesa, e o contacto com pessoas de outros países e culturas são actividades que considera muito gratificantes.

Quem leciona?

Marlene de Sousa

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, Variante de Estudos Portugueses e Ingleses (2005) pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, foi assistente de línguas Comenius na Bélgica (2007), onde deu os primeiros passos no ensino da língua e cultura portuguesa a estrangeiros. Regressada a Portugal, ingressou no Mestrado em Português como Língua Segunda/Língua Estrangeira, também na FLUP, curso que concluiu em 2010. Nos anos seguintes, lecionou português na área consular de Barcelona a adolescentes e adultos (2010-2012) através do Instituto Camões. Nos últimos anos, tem lecionado cursos de PLE anuais e intensivos na Faculdade de Letras e noutras instituições de ensino na cidade do Porto. Concluiu entretanto um Mestrado em Tradução e Serviços Linguísticos (2014), trabalhando também como tradutora e revisora.

Inês da Conceição Pinto de Oliveira

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – Variante Estudos Portugueses e Franceses (2005), profissionalizada no ensino de Português e de Francês no 3º ciclo e secundário (2006), mestre em Português Língua Segunda-Língua Estrangeira (2010) e doutorada em Linguística (2015), pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Desde 2009, é assistente convidada na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto. Participou no projeto “Agentes de Cooperação em Timor”  (ESE- IPP) onde dinamizou sessões de português (2011). Nos últimos anos, tem colaborado com a Faculdade de Letras na lecionação de cursos de português intensivos e anuais para estrangeiros desde 2009. Membro do Centro de Linguística da Universidade do Porto.